Anápolis | Prefeitura Municipal

Mulheres de Anápolis são maioria no Projeto Mães Unidas

Voluntárias estão aptas a oferecer informações básicas sobre direitos, serviços públicos disponíveis e apoio relacional no sentido do acolhimento

Foto: Gislaine Matos

A maior parte das mulheres formadas no projeto piloto Mães Unidas são do município de Anápolis. A cerimônia aconteceu nesta quinta-feira, 8, no Paço Municipal, em Goiânia, e é uma iniciativa do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). O projeto Mães Unidas, lançado em março do ano passado, visa promover a saúde e o bem-estar relacional de mães e filhos durante a gestação e os dois primeiros anos de vida da criança.

É realizado um curso de preparação para o voluntariado, formação e fortalecimento de vínculos familiares, noções de direitos humanos, cidadania e de saúde e bem-estar materno e do bebê, além de assistência jurídica e social. Após a formação, a voluntária está apta a oferecer informações básicas sobre direitos, serviços públicos disponíveis e apoio relacional no sentido do acolhimento.

Para a diretora da Secretaria Nacional da Mulher, Terezinha Neves, contar com o apoio da cidade foi primordial para o andamento do projeto. “Nós agradecemos ao município de Anápolis pela participação e parceria nesse projeto. Nós podemos desenhar qualquer coisa no âmbito Brasil, mas sem o apoio do Governo Municipal nada é possível, muito obrigada”, ressaltou.

Uma das formandas, de Anápolis, Janaína Souza, mãe de dois, se viu motivada a ajudar outras mães a partir de sua experiência e da vontade de ajudar ao próximo. “Tenho orgulho de participar do projeto Mães Unidas, e também da Prefeitura de Anápolis ter trazido o maior número de mulheres, mães e voluntárias para o projeto. É uma honra participar.”

Segundo a secretária de Integração Social, Esporte e Cultura, Andrea Lins, Anápolis abraçou a ideia desde a sua concepção e conta hoje com o maior número de voluntárias. “A nossa cidade mais uma vez é destaque, e é uma alegria muito grande saber que iremos ajudar outras mães por meio do voluntariado”, afirmou.

Projeto Mães Unidas
O projeto tem como intuito fortalecer os vínculos familiares e comunitários das mulheres, no contexto da gestação e da maternidade, e promover a integração social das mães de primeira gestação em relação à nova identidade social. Também pretende colaborar no exercício da parentalidade, de modo a fortalecer os vínculos e o papel da família no cuidado e proteção da criança, garantindo o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis. Quem tiver interesse em participar, pode se cadastrar pelo site www.voluntariasdecoracao.go.gov.br.

Compartilhar publicação